Tribulus Terrestris Funciona, Como Tomar, 【Benefícios】

Tribulus Terrestris funciona, como tomar, para que serve, bula, efeitos colaterais, preço e onde comprar!

Neste texto você vai saber tudo sobre esse fitoterápico,  leia e tire todas as suas duvidas sobre essa substância tão conhecida.

Tribulus Terrestris Funciona, o que é?

Tribulus Terrestris

Tribulus Terrestris é uma erva daninha que pertence à família Zygophyllaceae e é comumente cultivada em regiões quentes.

É constantemente usado em cápsulas em suplemento como estimulante sexual e também, segundo estudos, pode ser consumido para controlar a pressão arterial, reduzir os níveis de triglicéridos e como uma forma de ajudar significativamente a ganhar massa muscular.

Tribulus Terrestris tem em sua composição, a substância protodioscina, que é a protagonista responsável por todos os benefícios proporcionados pela erva. A pesquisa acredita que a protodioscina promove a produção de outra substância, conhecida como óxido nítrico.

Por sua vez, tem um conhecido efeito vasodilatador, o que levou a crer que o tribulus terrestris tem o poder de reduzir a pressão arterial. Estes estudos já foram realizados em animais.

Nos humanos, eles também demonstraram a capacidade da erva de contribuir favoravelmente para uma ereção mais duradoura.

A protodioscina na composição do tribulus terrestris permanece responsável pela inibição da enzima conversora de angiotensina.

Esta enzima, quando produzida em grande escala, pode causar um aumento da pressão arterial, o que é muito prejudicial para aqueles que sofrem de doenças como a hipertensão.

Além disso, a protodioscina da erva também pode estimular a geração da hormona LH, que se encontra no testículo masculino.

Esta hormona, quando estimulada, causa um aumento na produção de testosterona, promovendo a ereção de forma natural.

Tribulus Terrestris Benefícios

Tribulus Terrestris Benefícios

COMO FUNCIONA NA VIDA SEXUAL E EREÇÃO:

Estudos e pesquisas sobre Tribulus Terrestris garantem sua participação em uma vida sexual mais ativa, feliz e saudável. E o melhor de tudo, o seu estímulo sexual para os homens ocorre naturalmente, sendo muito mais benéfico para a saúde masculina do que os provedores de ereção química e industrializada.

Isto é provavelmente devido ao efeito vasodilatador causado pelo tribulus terrestris, que tem protodioscina. Esta substância também aumenta, embora ligeiramente, os efeitos da testosterona, uma hormona masculina combinada com uma ereção mais duradoura.

No entanto, o aumento da testosterona só foi confirmado até agora na pesquisa animal e ainda não foi realizado em humanos.

AUMENTO DA LIBIDO ATRAVÉS DA ERVA

Tribulus terrestris também traz outra nota através da pesquisa humana. A erva contribui significativamente para o aumento da libido, ou seja, estimula o apetite sexual.

Embora um aumento na testosterona (hormônio masculino) não tenha sido confirmado em pesquisas humanas (mas animais), pode-se dizer que esta libido está na verdade aumentada porque a erva tem o poder de promover um crescimento transitório da hormona.

Portanto, seria difícil confirmar um aumento da hormona em humanos na pesquisa realizada.

A PLANTA TAMBÉM ESTIMULA A FERTILIDADE

A pesquisa leva à ideia de que o tribulus terrestris contribui positivamente para o fenômeno conhecido como espermatogênese, ou seja, a criação de espermatozoides em humanos.

Nas mulheres, a planta também ajuda a melhorar a ovulação, tornando a erva um aliado da fertilidade para casais que planeijam engravidar.

REDUÇÃO DA PRESSÃO SANGUÍNEA

Para pacientes hipertensos, procure por notícias sobre Tribulus terrestris. Estudos com animais mostraram que a erva contribui para baixar a pressão arterial, o que pode ser explicado por duas razões diferentes.

A protodioscina presente na planta estimula outra substância conhecida como óxido nítrico, que é rica em propriedades vasodilatadoras.

É também responsável pela inibição da enzima conversora da angiotensina, que quando presente em quantidades generosas no organismo provoca um aumento significativo da pressão arterial.

TRIBULUS TERRESTRIS TEM AÇÃO NO CONTROLE DOS TRIGLICÉRIDOS

Mais pesquisas em animais descobriram que o Tribulus Terrestris ajuda a baixar a glicose na corrente sanguínea dos ratos.

Contudo, os investigadores ainda não compreenderam o mecanismo que deu origem a esta consequência. Embora a erva seja visivelmente indicada como aliada para ganhar massa muscular, os ensaios em humanos não encontraram a razão para isso. Nos animais, no entanto, o aumento da massa muscular foi confirmado.

Outros benefícios

Um bom uso do Tribulus Terrestris pode registrar diversos benefícios como, um aumento no desempenho esportivo e estimular o ganho de massa muscular.

Sua ação afrodisíaca, além de ser eficaz na saúde dos homens, também apresenta um desempenho benéfico no combate às disfunções sexuais, especialmente em mulheres na pós-menopausa.

Há também alguns estudos que reconhecem que o consumo da erva medicinal pode ser um forte aliado na prevenção e na luta contra a diabetes. Por causa disso, alguns mitos surgem sobre as consequências causadas pelo uso de Tribus Terrestris.

Como a erva ajuda a ganhar e aumentar a massa muscular e também contribui para o crescimento de níveis hormonais como a testosterona no corpo, pensa-se que a planta engorda quando é tomada. Mas isso é um rumor: o oposto é verdade!

Tribulus Terrestris pode até ajudar a definir o corpo, pois pode transformar a gordura em massa magra. Além disso, a erva pode ajudar a reduzir o inchaço do corpo, pois tem uma forte ação diurética, ajudando a diminuir e a reter os fluidos concentrados no corpo.

Os cuidados com o seu consumo e o consequente acompanhamento médico devem ser sempre reforçados. Existem, por exemplo, algumas pesquisas isoladas, ainda não cientificamente comprovadas, que afirmam que a planta pode causar toxicidade e ginecomastia (aumento do volume dos seios nos homens).

Converse sempre abertamente com seu médico e seu nutricionista evitará qualquer tipo de desordem.

Como Tomar

Com vista a um aconselhamento médico, a recomendação inicial é consumir três doses de tribulus terrestris durante o dia.

Mas isso, claro, pode variar de acordo com a orientação do especialista de saúde que prescreveu o consumo deste medicamento fitoterápico.

A erva é normalmente ingerida como um extrato ou também em forma de cápsula, e a ideia de capturar a planta em sua forma natural para tentar produzir o chá é escondida.

Outra dica interessante é consumir cada uma das três doses diárias de Tribulus terrestris durante as principais refeições do dia: café da manhã, almoço e jantar.

Para o organismo masculino, há também outra recomendação: o consumo de Tribulus terrestris durante quatro a seis semanas, e depois uma pausa na sua duração simultânea, antes de consumir a erva novamente.

Ainda não foram realizados testes em humanos sobre os efeitos do Tribulus terrestris nas mulheres, apenas nos homens.

Portanto, os cientistas ainda não podem dizer com certeza, mas acreditam com convicção que a erva medicinal também pode contribuir de forma benéfica para aumentar a libido das mulheres.

As mulheres que desejam consumir Tribulus terrestris devem sempre parar de usá-lo cerca de cinco dias antes do início do ciclo menstrual, e só retornar ao hábito após o final da menstruação.

Lembre-se sempre de que a dosagem pode variar de uma pessoa para outra e é recomendado sempre antes de consumir consultar um profissional.

Possíveis efeitos colaterais do tribulus terrestris

O Tribulus terrestris é um tipo de tratamento herbal alternativo indicado em alguns casos, como em homens com problemas de ereção, e também em pessoas que apresentam uma diminuição do seu estado hormonal.

No entanto, a erva medicinal só deve ser consumida em casos de recomendação médica. Como tudo o que usamos para beneficiar nossa saúde, tribulus terrestris também encontra algumas restrições e contra-indicações.

As pessoas que enfrentam qualquer tipo de câncer, por exemplo, devem evitar o uso da planta medicinal. Mulheres com alterações adrenais, ou com excesso de pelos no corpo, ou com problemas de hipertrofia clitoral, queda de pelos, pele oleosa, ou síndromes de angústia também não devem consumir tribulus terrestris.

A erva também não é adequada para mulheres grávidas, mães lactantes e crianças. Seu uso, quando excessivo ou prolongado, também apresenta problemas e complicações para a saúde humana.

Nas mulheres, níveis excessivos de tribulus terrestris podem causar um clitóris aumentado, alterações indesejadas no ciclo menstrual, o desenvolvimento da acne, aumento do crescimento do pelo e infertilidade.

Em pacientes do sexo masculino que utilizam a erva em quantidades superiores às recomendadas pelos médicos, podem surgir consequências graves, tais como cancro da próstata ou cancro testicular.

Espera-se que estas duas condições também piorem quando um homem toma a erva durante o tratamento do cancro.

Tribulus Terrestris na Medicina Herbácea

Já ouviu falar em medicina herbácea? Não? É exatamente este aspecto natural da medicina que promove a resolução natural de vários problemas e questões de saúde humana, sem os riscos de agressão ao organismo derivados dos componentes químicos da medicina tradicional industrializada.

A fitoterapia nada mais é do que a produção de medicamentos a partir da extração de folhas, sementes, cascas, frutos e flores. Tem sido um verdadeiro sucesso público e crítico por muitos, muitos anos, e faz parte de um importante segmento da cultura de vários povos.

Com isto em mente, pode-se listar algumas outras produções da Mãe Natureza que podem servir como aliadas da saúde humana em vários ramos.

Principais Componentes Fitoterápicos

O gengibre, por exemplo, é bastante comum na nossa gastronomia devido ao seu forte sabor, mas a comida é amplamente prescrita por médicos na Índia e na China, desde os tempos antigos.

É amplamente utilizado para aliviar náuseas, doenças e vômitos, para combater sentimentos de desconforto e dificuldades de digestão e também para prevenir e combater constipações e gripes.

Black Cohosh, por sua vez, é uma raiz indicada para aliviar os sintomas da menopausa, tais como suor, vermelhidão, ansiedade, depressão e mudanças de humor.

A kava-kava é também uma raiz que combate estágios leves e moderados de insônia e ansiedade, mas é contra-indicada para mulheres grávidas, crianças, pessoas com problemas hepáticos e depressão.

A valeriana é outra planta que atua no sistema nervoso central como forma de alívio do estresse. É um sedativo moderado com um efeito hipnótico. Também é importante no tratamento de distúrbios do sono relacionados com a ansiedade. Mas o seu uso só deve ser feito sob prescrição médica.

A garra do diabo, apesar do seu terrível nome, é uma planta de origem africana, que tira o seu nome da sua forma. É indicado para aliviar dores moderadas nas articulações e desconforto agudo nas costas, especialmente na região lombar.

Outros alimentos mais convencionais do nosso dia a dia e que também têm ação medicinal são o alho e a soja. O primeiro é um aliado contra doenças como bronquite, asma, gripe e sintomas de constipação, colesterol alto e hipertensão. A soja ajuda a aliviar os sintomas da menopausa, como o calor excessivo.

A castanha-da-índia é rica em escina, que fortalece os vasos sanguíneos e é indicada para casos de insuficiência venosa e pelos frágeis.

O guaraná, uma fruta utilizada para a produção, especialmente de refrigerantes, pode ser consumido para agir contra a fraqueza e fadiga crônica, além de estimular as atividades cerebrais.

O guaraná está isento de prescrição, mas está contra-indicado para crianças, alérgicos, hipertensos, pessoas com arritmia cardíaca, infecções renais, hipertiroidismo e cirrose hepática.

A camomila, muito usada em chás, também é muito indicada para aliviar espasmos, ansiedade e age como um sedativo leve, podendo ter uma ação anti-inflamatória na região da boca.

Calêndula, popularmente conhecida como mal-mequer, é amplamente utilizada na composição de cosméticos e tem uma ação comprovada no tratamento de feridas, varizes, traumas e furúnculos.

Unha de gato tem uma ação anti-inflamatória e também pode ser listada. Podemos também mencionar o maracujá, ligeiramente sedativo e para combater a ansiedade e o stress, e o boldo, amplamente incluído na preparação dos chás, como forma de melhorar a ação digestiva, combater a ostipação e aumentar a secreção da bílis, um líquido importante na ação da decomposição alimentar pelo organismo.

Em outras palavras, muitas outras raízes, frutos, flores, sementes e plantas têm ação medicinal, que como o tribulus terrestris, podem ajudar seu corpo e sua saúde.

Qual o Preço do Tribulus Terrestris

O preço do tribulus terrrestris pode variar de acordo com a quantidade de cápsulas, sapopinas, marca, etc. Recomendo sempre que antes de adquirir qualquer produto verifique a qualidade do mesmo.

O tribulus terrestris que recomendo hoje por ter uma boa qualidade e ser um produto original tem uma variação de preço de R$ 127,90 a R$ 227,90 dependendo da quantidade que você adquirir.

Tribulus Terrestris Onde Comprar

Onde Comprar

Você pode optar por comprar o tribulus terrestris manipulado, ou de qualquer outra marca. Porém, o produto que recomendo hoje é o Tribulus terrestris da IKAPS.

Pois, é um produto original, matéria prima de ótima qualidade e um bom preço quanto a seu custo benefício.
Para comprar acesse o site oficial pelo botão abaixo e confira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *